Liminar garante posse de Alberto Filho - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Rogério Alves: Advogado Carlos Sérgio é recebido em 'live' para discutir 'eleições 2020'.

Rogério Alves, advogado - Recebi em live, na última quarta-feira, dia 8 de julho, em minha página no Youtube, ao advogado Carlos Sérgi...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Quantas Poesias?

Quantas poesias faria pra ti na mesma noite?
Todas que o meu amor coubesse...
E nelas realizaria todos os teus sonhos
Os meus sonhos
Os nossos sonhos
Enfim...

Quantas poesias teria feito pra ti se já vivemos juntos?
Todas que o meu amor coubesse em um ano
Em tantos anos que já tivéssemos vividos, assim

Mas seriam poemas de regozijo e alegria
Versos de amor e fantasia
Nunca rimas de dor
Saudade e desespero como agora

Você sempre acaba abandonando alguém
Para ficar com outra pessoa
Dor estranha
Saudade sem nexo
Não querer sair
Não querer ficar

Que confusão lírica
Odisseia de amores perdidos
Ditos como verdadeiros
E silos de dissabores e devaneios

Canção
Caução
Correção inacabada
Vitiligo que nunca escurece
Amor
Amor sem fim
Sem ti
Sentir
Sem mim
Sem tom
Sem sentido
Sem dia
Sem noite
Enfim assim...

Abel Carvalho

Liminar garante posse de Alberto Filho

Share This

Na tarde desta sexta-feira foi desenvolvido mais um capítulo da novela que é a disputa por uma vaga de deputado federal do Maranhão.
Depois de idas e vindas, o deputado federal Alberto Filho ganhou o direito de assumir a vaga na Câmara Federal.
Clique na decisão acima para ter acesso ao documento na íntegra.

O que aconteceu?

Depois que viu sua posse ameaçada como deputado federal, o deputado Alberto Filho deu entrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão com um Mandado de Segurança com pedido de liminar.
Na ação ele solicitava que a retotalização de votos feita pelo TRE fosse tornada sem efeito e que todas as deliberações tomadas depois dessa totalização, como exemplo a diplomação de Julião Amin e Deoclides Macedo, fossem tornadas nulas.
O pedido foi julgado pela juíza Alice de Sousa Rocha. Ela acolheu o argumento de que a recontagem dos votos não foi submetida ao plenário do TRE e concedeu a liminar, que é uma decisão com efeito imediato, antes do julgamento do mérito (ponto central) da questão.
A decisão foi tomada, segundo o sistema de informação, às 17h48 desta sexta-feira. Esse fator inviabiliza que haja uma reviravolta até o dia da posse de Alberto Filho.


Para entender mais sobre o caso leia:



Por Louremar Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad