Roberto Costa relata dificuldades de pacientes que fazem hemodiálise em Bacabal - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Rogério Alves: Especialista em WhatSapp

Rogério Alves, advogado -  Em tempos de Google para tudo e WhatsApp como meio de informação (o fuxico virou notícia) todo mundo virou es...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Sem fim

Antes o amor me brindava em cores
Uma
Duas
Três noites de amores
Tom e dom de dissabores
Glória e rito sem valores
Noites
Dias
Um tempo sem fim

Havia
Então
O dia em que vivia
O tempo
A regra
Uma agonia
Valores
Cores do sem fim

Antes
Ontem
Nem te via
Hoje guias
Meu rumo e meu destino
Reclino
Declino e me afasto
Faço lastro
Na riqueza do sem fim

Enfim
no fim te vejo
Te beijo
Te amo
E te desejo
Revejo
Planejo viver contigo
apenas
Um longo dia sem fim.

Abel Carvalho

Roberto Costa relata dificuldades de pacientes que fazem hemodiálise em Bacabal

Share This

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (27), o deputado Roberto Costa (PMDB) falou das dificuldades encontradas pelos pacientes que precisam se submeter a hemodiálise na cidade de Bacabal.
Segundo ele, uma clínica particular que é conveniada com o SUS faz o atendimento de aproximadamente 190 pacientes, mas existe uma demanda de cerca 80 pacientes de Bacabal - que já estão em tratamento em outros locais - que precisam também, serem atendidos nessa clínica.
“O que acontece é que, em função das vagas já terem sido preenchidas por pacientes de outras cidades da região do Médio Mearim, os de Bacabal não conseguem ser atendidos. Isso tem causado uma infelicidade para dezenas de famílias na cidade de Bacabal”, disse Roberto Costa.
O deputado ressaltou que conversou com o proprietário da clínica sobre a possibilidade de ampliar o número de atendimento, mas ele teria dito que só poderia atender a solicitação se o Ministério da Saúde aumentasse o teto da cidade de Bacabal.
“O que nós queremos é a intervenção por parte do secretário de Saúde do Estado, Marcos Pacheco, para que ele possa, juntamente com o Ministério da Saúde, buscar um entendimento para que a gente possa trazer o atendimento para esses cidadãos e cidadãs”.

ATENDIMENTO
Roberto Costa lembrou que existe uma portaria do Ministério da Saúde que diz que a clínica é obrigada a atender todos os pacientes, e o que passar da sua capacidade de recurso, ela encaminha e o Ministério faz o pagamento no mês seguinte.
“A prefeitura de Bacabal também precisa se movimentar no sentido de resolver esse problema. Deve buscar o secretário Marcos Pacheco, ir até o Ministério da Saúde, para que a gente possa trazer a solução para esse problema tão sério na cidade de Bacabal”, finalizou Roberto Costa.

Nice Moraes
Agência Assembleia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad