Matéria do dia

Deputado Roberto Costa faz a festa das crianças bacabalenses

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB-MA) proporcionou um momento único para as crianças de Bacabal no último sábado, 14. O parque de ...

Publicidade

Prefeitos são afastados do mandato após eleições municipais


  •  
  •  O Estado Ma
Pelo menos em quatro municípios do interior do Maranhão, o comando da prefeitura acabou mudando
0
Prefeitos são afastados do mandato após eleições municipais
Atenir foi cassado diversas vezes durante o mandato (Foto: Arquivo)
Depois dos resultados das eleições municipais, em quatro cidades maranhenses os prefeitos não reeleitos ou que não fizeram seus sucessores acabaram sendo substituídos pelos seus vices. Em Alto Alegre do Pindaré, Bom Jesus das Selvas e Matinha, os gestores foram cassados ou pela Câmara Municipal ou pela Justiça. No caso de Grajaú, o prefeito não reeleito, Júnior de Sousa Otsuka, renunciou ao mandato.
Em Matinha, o prefeito Beto Pixuta teve o mandato cassado pela Justiça devido ao atraso no pagamento de salários dos servidores municipais.
A decisão judicial é em resposta a ação civil pública impetrada pelo Ministério Público, que alega que mesmo recebendo os repasses da Educação e também do Fundo de Participação do Município (FPM) o gestor estava constantemente atrasando o vencimentos dos funcionários.
Capitão Otsuka renunciou ao mandato após as eleições (Foto: Arquivo)
O caso mais grave seria o atraso de cinco meses do salário do vice-prefeito, que teve até o nome excluído da folha de pagamento do município além de um débito total de mais de R$ 2 milhões referentes a salários de servidores contratados, comissionados e efetivos.
O afastamento de Pixuta ocorreu dia 25 de outubro e seu vice, Valdemir Santos, assumiu o cargo.
O prefeito eleito em outubro deste ano em Matinha foi Elielda de Eldo (PCdoB), que obteve mais de 66% dos votos contra o candidato de Beto Pixuta, Zequinha Amaral (PRTB), que teve pouco mais de 33% dos votos válidos.
Já a prefeita de Bom Jesus das Selvas, Cristiane Damião (PTdoB), foi cassada por vacância do cargo pela Câmara Municipal. Segundo os vereadores, desde que perdeu a eleição dia 2 de outubro, Damião não aparecia na Prefeitura de Bom Jesus das Selvas. Assumiu o mandato o vice-prefeito, Abdala Costa.
Cristiane Damião perdeu a eleição para Fernando Coelho (PCdoB) que obteve 50,8% contra 49,2% de Damião.
Também foi afastado do mandato do prefeito de Alto Alegre do Pindaré, Atenir Botelho. Os vereadores decidiram retirar Botelho do cargo por 90 dias como medida de precaução devido, segundo os parlamentares, as “diversas irregularidades” que teriam sido cometidas pelo gestor municipal.
Renúncia – Já o prefeito de Grajaú, Júnior Otsuka, decidiu renunciar ao mandato no dia 31 de outubro.
Ele não disputou as eleições deste ano e antes de completar o mandato, preferiu deixar o cargo; Assumiu o mandato o vice-prefeito, Abmael Neto. Em janeiro, assumirá ao cargo Mercial Arruda, eleito nas eleições deste ano com ampla maioria dos votos da população de Grajaú.