Matéria do dia

Roberto Costa participa da cerimônia de posse de novo membro do TRE-MA

Aurina Carneiro Agência Assembleia Na condição de representante do presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), o depu...

Publicidade

Crimes violentos predominam em municípios do Maranhão


Seis assassinatos com requintes de crueldade foram registrados no domingo e na manhã de ontem, nas cidades de Bacabal (dois casos), Imperatriz, Rosário, Caxias e Pedreiras; polícia tenta identificar os autores desses homicídios

ISMAEL ARAUJO, O ESTADO MA
Corpo de Wellington dos Santos achado em São Simão, em Rosário
Corpo de Wellington dos Santos achado em São Simão, em Rosário (Foto: Divulgação)
SÃO LUÍS - A violência está predominando no interior do estado. Segundo informações da polícia, cinco pessoas foram assassinadas somente no domingo, 18, com requintes de crueldade, e ontem, pela manhã, um criminoso, identificado apenas como Rafael Boião, foi morto ao trocar tiros com policiais militares, no bairro Frei Solano, em Bacabal.

Há informações de que ele estaria praticando assaltos na região, em companhia de mais cinco assaltantes. Eles, ao avistarem os militares, teriam efetuado vários tiros contra a guarnição. Rafael Boião foi baleado e ainda levado para o Hospital Regional Laura Vasconcelos, mas morreu antes de ser submetido a tratamento cirúrgico. Um adolescente também foi baleado durante o confronto e socorrido. Até a noite de ontem estava internado nessa unidade de saúde, correndo risco de morte.

Também em Bacabal, foi assassinado a tiros Magno de Barros Sousa, de 19 anos, fato ocorrido no bairro Tresidela, na noite de domingo, 18. A autoria desse crime, ainda ontem, não havia sido identificada pela polícia. Em março deste ano, Magno de Barros teria sido baleado por homens não identificados.

Ainda segundo a polícia, a vítima tinha várias passagens pela Justiça. No mês de novembro do ano passado, por exemplo, ela foi detida por militares pelo crime de assalto e quando menor de idade teria cometido dois homicídios. Um desses crimes teve como vítima Raimundo da Conceição Senhorinha, de 36 anos, no bairro Tresidela, em Bacabal.

O outro criminoso morto no domingo foi Geovane Sousa Lima, o Diabinho ou Tampinha. Homens não identificados dispararam vários tiros contra ele, na Vila Nova, em Imperatriz. No último dia 29, ele foi preso no Parque Amazonas, naquela cidade, portando um revólver calibre 32 e como uma quantidade de maconha.

Execução
No povoado São Simão, zona rural de Rosário, foi encontrado, em uma estrada vicinal, o corpo de Wellington dos Santos Veras, o Cadela, com os pés e as mãos amarrados e perfurações de tiros nas costas e na cabeça. Esse crime está sendo investigado por uma equipe da Delegacia Regional de Rosário. Até o início da tarde de ontem, não havia registro de identificação dos criminosos.

Ainda de acordo com as informações da polícia, a vítima era moradora do povoado Prata, em Rosário. Na madrugada de domingo, 18, quatro homens, se passando por policiais, teriam ido a sua residência e o levaram em um veículo.

No período da manhã, os moradores da área encontraram o seu corpo e acionaram a polícia. A motocicleta da vítima foi levada pelos criminosos e até ontem não tinha sido foi encontrada. O caso está sendo investigado como latrocínio (roubo seguido de morte).

Dentro de casa
Ainda no fim de semana, duas pessoas foram mortas a tiros dentro de suas casas, no interior do estado. Uma delas, identificada como Marc Nerval dos Santos Nascimento, de 51 anos, foi morto na presença de sua mulher, nome não revelado, na cidade de Caxias.

A polícia informou, também, que a vítima estava sentada na porta de casa, no bairro da Refinaria, em companhia da mulher, quando foi abordada pelos dois suspeitos. Um dos acusados disparou cinco tiros em Marc Nascimento, que ainda correu para dentro de casa, onde morreu. Os criminosos fugiram em uma motocicleta.

Para a polícia, esse assassinato pode estar relacionado à vingança, já que o irmão da vítima é suspeito de ter matado a golpes de faca um homem nessa cidade há dois meses.

Outra pessoa morta a tiros dentro de sua casa, no bairro Alto São José, no município de Pedreiras, foi Raimundo Nonato de Araújo Oliveira Santos, de 38 anos. O delegado Márcio Mendes, da delegacia de Polícia Civil da cidade, declarou que a vítima estava na porta quando foi abordada por adolescentes portando arma de fogo.

Há informações de que os acusados sabiam que a vítima estava com uma boa quantia em dinheiro na carteira de mão. A vítima ainda tentou entrar em casa, mas foi atingida nas costas. Ela caiu e levou mais tiros, morrendo no local.

A polícia foi acionada, realizou rondas na cidade, apreendeu dois dos envolvidos e ainda ontem procurada o terceiro adolescente. O corpo da vítima foi removido para o hospital da cidade, e na tarde de domingo foi sepultado. A quantia de R$ 900,00 foi levada pelos acusados.

A polícia também registrou a morte de um homem, identificado apenas como Joaquim, na Vila Itamar Guará, em Balsas. O corpo dele foi encontrado com cortes de faca no pescoço, peito e na cabeça em uma área de matagal.

Número
6 foi o número de assassinatos registrados pela polícia em menos de 12 horas no interior do estado