Matéria do dia

SAAE contempla comunidade do povoado Pregos com revitalização do seu sistema simplificado de abastecimento d'água

Em Pregos o sistema de abastecimento de água foi revitalizado. Os moradores do povoado Pregos formam uma das comunidades mais esquecid...

Publicidade

Tresidela Esporte Clube, uma história de dedicação e paixão levada para fora dos gramados


No último sábado, 10, amargamos uma derrota no campeonato municipal de Futebol, O CONHECIDO INTERBAIRROS, ORGANIZADO PELA PREFEITURA DE BACABAL, um jogo truncado, difícil com duas equipes jogando futebol com qualidade, a torcida cantando o tempo todo no estádio, foi comemoração do início ao fim, porém saímos sem o prêmio almejado, mais com experiência pra uma próxima oportunidade, gostaria em nome da nossa comunidade Bairro Trizidela, agradecer o esforço de cada um da nossa equipe que se entregaram durante todo o campeonato, nos treinos, nos jogos e enfim na final, lugar que não é pra QUALQUER UM.


Eu como morador do bairro me orgulho da minha equipe, dos amigos, e da bela torcida, sei da importância do futebol, e do esporte para nossa comunidade, comunidade essa que sofre e luta contra preconceitos, preconceito esse que nos leva sempre pra longe das boas oportunidades, eo nosso futebol comunitário luta pra reverter esse quadro, incentivando a nossos jovens a ter disciplina, respeito e um bom caráter.




O JOGO
Um jogo bonito de se ver, uma festa linda, o meu coração chegou a bater aceleradamente de tanta emoção, ataque pra cá, ataque pra lá, a defesa muito consistente tanto que encerramos o campeonato sem tomar gols.


Acabou o tempo normal da partida, e veio as penalidades, perdemos a primeira batida nos pênaltis, imediatamente gelei as mãos, logo em seguida uma sequencia de erros e acertos, fomos pro alternado, no fim um jovem que começou agora a mostrar seu futebol, o Felipe filho de mãe e pai trabalhadores da nossa comunidade, bateu e o goleiro da equipe adversária defendeu. Pois é, caiu ali mesmo chorando e triste por ter perdido.


Imediatamente toda equipe correu pra abraça-lo e conforta-lo, mais o que mais chama atenção foi ele ter chamado a responsabilidade pra si, tão jovem carregando consigo o peso de uma final, Felipe você não é vilão dessa derrota, mais sim um exemplo a ser seguido quando se fala em Determinação e Coragem.

Nem sempre perdendo, nem sempre vencendo, mas sempre aprendendo a Jogar.


Enfim, o resultado é nosso, da comunidade, e perdemos sim o primeiro lugar, mas ganhamos muito mais, levamos o nome do nosso bairro, de uma maneira bonita e corajosa pra toda cidade conhecer, quando se fala “TIME DA TRESIDELA”, todo mundo sabe que é uma equipe competente, forte e que chega na final.
Parabéns Guerreiros, ano que vem tem mais...



Elias Paiva Rocha
(Designer gráfico e estudante)

Euriene de Sousa Rocha
(torcedora e autora do texto)