Matéria do dia

Sexta-feira começa a 18ª edição do Bacabal Folia

O evento inicia com Bell Marques, Durval Lelys e Dorgival Dantas na sexta-feira, dia 28 de julho na cidade de Bacabal (MA). Da redação do J...

Publicidade

Esquema em Bacabal beneficia empresa de ex-coordenador de programa na gestão Zé Alberto

Blog do Antônio Martins

Ex-coordenador do programa DST/AIDS já faturou mais de R$ 10 mi nas gestões Zé Alberto e Zé Vieira
BACABAL – O esquema de corrupção no governo Zé Vieira (PP) que foi delatado, ontem, pelo deputado Roberto Costa (PMDB), na tribuna da Assembleia Legislativa, pode ter iniciado na gestão José Alberto Oliveira Veloso (PRB) e deverá se transformar num escândalo com proporções semelhantes ao da Lava Jato.

Em pronunciamento, o deputado chegou a denunciar supostas irregularidades na prefeitura bacabalense na licitação para aquisição de 60 carros, beneficiando as empresas ‘Esmirna Transportes’ e a ‘Signandes’. O parlamentar comunicou, inclusive, que levou a denúncia à Superintendência da Polícia Federal, onde relatou a formação de um a quadrilha que está desviando recurso do município.

Com a gravidade dos fatos, o BLOG DO ANTÔNIO MARTINS apurou e descobriu que o problema é bem maior do que se possa imaginar. É que além da Esmirna e Signandes, o esquema de corrupção estaria beneficiando a R. F. Magalhães Nogueira Eíreli – MA, cujo nome de fantasia é SS Construtora e Empreendimentos.





Levantamento realizado junto ao Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas (SACOP), a SS Construtora ganhou este ano, três contratos, sem licitação. A primeira proposta, assinada no dia 13 de fevereiro, no valor de R$ 519,5 mil, foi firmada com Gabinete Executivo para prestar serviços de manutenção corretiva de semáforos e fornecimento de equipamentos e peças de sinalização semafórica, de interesse do setor de trânsito do município.


As outras duas propostas foram firmadas com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização do Profissional da Educação (FUNDEB); uma no valor de R$ 515 mil, assinada no dia 10 de março, para serviços de manutenção corretiva e preventiva de instalação predial da Secretaria Municipal de Educação (SEMED); e outra de pouco mais de R$ 218 mil, firmada no dia 22 de junho, para reforma e ampliação de escolas da Rede Municipal de Ensino.

De acordo com documentos obtidos com exclusividades pelo blog, a SS Construtora está em nome de Rômulo Felipe Magalhães Nogueira, que ocupou importante cargo na gestão do prefeito Zé Alberto, até o ano passado.

Rômulo Nogueira foi nomeado em janeiro de 2013 como Coordenador do Programa DST/AIDS, da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS). No mesmo mês, ele foi nomeado como membro da Comissão Setorial de Licitação da Secretaria Municipal de Saúde – CSL/SEMS, tendo o ex-servidor Silas Duarte de Oliveira, como Presidente; Aline Pinheiro Weba, como membro; e Jerciane Macedo dos Reis, como suplente.





TUDO EM CASA
O ex-coordenador do Programa DST/AIDS de Bacabal é o principal suspeito de participar desse esquema de fraude aos cofres públicos, que supostamente teria iniciado na gestão anterior. Os indícios ficam mais evidentes quando cruzamos os contratos da gestão Zé Vieira com a de Zé Alberto. Nesse período, mesmo acumulando o cargo com a função de membro da Comissão de Licitação, Rômulo Nogueira não saiu de casa para contratar prestadores de serviços para prefeitura e beneficiou a própria empresa com mais de dez contatos. A troca de prefeitos, em janeiro deste ano, não impediu a SS Construtora de ser contemplada no esquema de contratações da prefeitura bacabalense.



Empresa do ex-coordenador do programa DST/AIDS fatura mais de R$ 10 mi em Bacabal
MAIS DENÚNCIAS
Nos próximos dias o blog vai mostrar a ligação do empresário Rômulo Nogueira com o município de Olho D’Água das Cunhãs. Além Bacabal e Olho D’Água das Cunhãs, vamos desvendar o misterioso negócio do empresário em Altamira do Maranhão, cidade onde ele escolheu um ex-vereador como seu procurador para comandar alguns negócios no interior do estado. Aguardem!