Matéria do dia

Vereador Venâncio do Peixe cobra da prefeitura a instalação de redutores de velocidade na Estrada da Bela Vista

O vereador Venâncio do Peixe (PDT) fez tramitar duas proposições na última sessão ordinária da câmara municipal de Bacabal. Na primeira, um ...

Publicidade

SAAE contempla comunidade do povoado Pregos com revitalização do seu sistema simplificado de abastecimento d'água

Em Pregos o sistema de abastecimento de água foi revitalizado.

Os moradores do povoado Pregos formam uma das comunidades mais esquecidas e que mais enfrentam problemas, de toda ordem, no município de Bacabal. Esses problemas começam com a sua localização: Pregos fica depois do povoado Alto Fogoso, no extremo limite entre Bacabal e São Mateus do Maranhão, o que durante anos gerou, e ainda hoje gera, dúvidas sobre a qual dos dois municípios Pregos de Fato pertence.

Foi exatamente esse fator que mais prejudicou o desenvolvimento do lugarejo, privando-o, por anos a fio do recebimento de benefícios e melhorias nos mais diversos setores, entre os quais saúde educação e, até mesmo, na agricultura.

Nunca houve entre os municípios de Bacabal e São Mateus uma disputa declarada pelo território, e foi esse fator que mais prejudicou a comunidade Pregos, que por anos ficou esquecida e renegada ao ostracismo.

Ao assumir o comando do município o prefeito interino José Vieira Lins determinou que comunidades, como os moradores de Pregos, passem a ser assistidas pelas ações desenvolvidas pela prefeitura municipal de Bacabal.
O diretor Ramón Braga

Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal (SAAE) foi o primeiro órgão destacado para realizar esse primeiro tipo de ação e o povoado Pregos, por seus muitos problemas, a primeira comunidade escolhida. A primeira ação desenvolvida foi a revitalização do sistema simplificado de abastecimento de água da comunidade, onde foi feita a troca do reservatório, há muito quebrado e sem utilização e a recuperação dos demais componentes do sistema.

O diretor do SAAE, Ramon Braga, destacou que a ação teve como meta evitar que aquela população continuasse a sofrer com a falta de água.

"O certo é que em apenas seis meses muito já foi feito e, certamente, até dezembro de 2020 a população bacabalense poderá desfrutar de muitos outros avanços que, em parceria com a prefeitura, serão alcançados", projetou o diretor.

Braga garantiu que “é assim que continuaremos trabalhando, firmes no propósito de levar soluções aos desejos da população. Eu e a equipe do SAAE não descansaremos um só minuto, e, assim será até quando Deus permitir”.


Por Abel Carvalho