Matéria do dia

Lourival Souza: Tristeza recorrente

Mais uma semana marcada pelo registro de grave acidente que ceifa vidas e causa comoção na sociedade. O fato novamente acontece: um ve...

Publicidade

Roseana é festejada em encontro da cúpula do PMDB em São Luís

Ex-governadora participou de evento e foi conclamada para a disputa de 2018; peemedebista se colocou à disposição da legenda no pleito do próximo ano

RONALDO ROCHA DA EDITORIA DE POLÍTICA
O Estado Ma



Roseana Sarney participou de ato com lideranças políticas (Foto: Divulgação)


A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) foi festejada na manhã de ontem, durante o encontro da cúpula estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em São Luís.


Foi essa a definição dada pelo senador João Alberto (PMDB) à reunião, que contou com a participação de lideranças políticas da legenda e do senador Sarney Filho (PV).


De acordo com João Alberto, a legenda conclamou Roseana a participar da disputa eleitoral de 2018, e ela se colocou à disposição do partido. O encontro também marcou a recondução do senador ao comando do PMDB, por determinação da direção nacional da sigla.


“O encontro tinha sido marcado como um ato para a recondução do diretório estadual, e nós achamos por bem, convocar todos. Quando começou, a coisa foi além daquilo que se imaginava. Roseana foi festejada por todo mundo com o grito de ‘volta Roseana’ e o evento acabou sendo marcado por isso. O clima foi de eleição do ano que vem”, disse.


Roseana fez breve discurso durante o evento. Agradeceu o apoio dos correligionários e lideranças políticas que compareceram à sede do partido e se colocou à disposição do PMDB.


“Ela disse estar à disposição do partido, mas ela pediu para que esperássemos mais um pouco, até porque haverá uma reforma eleitoral. Ainda haverá reforma, portanto, concordo que devemos aguardar os desdobramentos da reforma”, explicou.


EntusiasmoFoi justamente o que sustentou a ex-governadora durante o pronunciamento. Roseana revelou que tem sido procurada por lideranças políticas e pela população, insatisfeita com os rumos do estado, e assegurou que está pronta para retomar a sua vida pública.
Ela ponderou, contudo, que ainda não é possível afirmar se disputará ou não o Governo do Maranhão.


“Eu já estava decida pela aposentadoria da vida política, mas agora olho com carinho a possibilidade. Estou à disposição do partido para ajudar o Maranhão naquilo que for preciso. Mas devemos esperar o momento certo para definir que caminho seguir e dar uma resposta”, resumiu a peemedebista.


O deputado estadual Roberto Costa, que também participou do evento, destacou a recondução de João Alberto ao comando do partido e o entusiasmo da legenda com a figura de Roseana Sarney.


Já o suplente de senador Lobão Filho (PMDB), revelou que o partido começará, a partir de agora, iniciar o processo de consolidação do nome de Roseana no interior do estado.


“Roseana colocou o nome dela à disposição do partido para a disputa ao cargo de governadora no próximo ano. O partido agora começa a se movimentar pelos diretórios municipais em busca dessa consolidação, que já é um reflexo do desejo popular, manifestado nas ruas pela população, na justa insatisfação com o atual governo, que não trouxe resposta aos anseios do nosso povo”, concluiu.

Nós queremos eleger o novo governador do Maranhão. Precisamos tirar o Maranhão desse marasmo. O estado parouJoão Alberto, senador pelo PMDB


Saiba Mais
Durante o encontro do PMDB, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) classificou o governador Flávio Dino (PCdoB) de “pinóquio” – personagem de ficção que tinha a sua figura ligada à mentira -, dos desenhos animados. Ela citou a divergência entre dados oficiais sobre obras e os números apresentados pelo comunista e citou uma série de obras deixadas por sua gestão e que Dino tem tentado se apropriar. Roseana também apontou queda nos indicadores sociais e a insatisfação do povo, nas pesquisas, com a gestão de Flávio Dino.

Lobão e Sarney Filho devem contar com o apoio do PMDB
O suplente de senador Lobão Filho (PMDB) confirmou ontem, a O Estado, que durante o ato, o PMDB confirmou apoio à reeleição do senador Edison Lobão (PMDB) ao Senado da República, e também à candidatura do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV).


“Além das candidaturas de Lobão e de Sarney Filho, o senador João Alberto se colocou à disposição, para uma eventual candidatura, caso seja necessário. Essa foi a posição consolidada durante o evento. A reunião não era para isso, seria apenas para renovação do diretório estadual, e acabou, pelas manifestações presentes, tendo resultado pré-eleitoral significativo”, disse.


A O Estado, o senador João Alberto confirmou que está disposto a abrir mão de uma eventual candidatura à reeleição para ajudar o seu grupo político a consolidar o projeto para a eleição 2018.


“Nós dissemos que Sarney Filho é um excelente candidato. Lobão pai já informou que disputará a reeleição e eu disse que espero a reforma eleitoral, mas que não sou um problema. O que nós queremos é eleger o próximo governador. Não crio embaraço”, finalizou