Presidente do Banco do Nordeste apresenta oportunidades de crédito para indústrias maranhenses - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Lourival Souza: Futuro da mobilidade - segurança, conectividade e compartilhamento

Lourival Souza, engenheiro - Aconteceu nesta quarta-feira (16), o evento realizado pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ( ...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Presidente do Banco do Nordeste apresenta oportunidades de crédito para indústrias maranhenses

Share This

Extraído do site do Banco do Nordeste, São Luís (MA), 6 de dezembro de 2019 – Durante o 23° Encontro com Empresários Maranhenses, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, apresentou as principais oportunidades de crédito para o setor industrial. O evento foi realizado na sede da Fiema, nesta sexta-feira, 6, em parceria com a Associação Comercial do Maranhão, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL-São Luís) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA).
O Encontro teve como objetivo estimular o acesso, por empresas maranhenses, às linhas de crédito ofertadas de forma exclusiva pelo Banco do Nordeste, em condições diferenciadas, sobretudo no âmbito do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Na ocasião, os empresários e entidades representativas apresentaram pleitos dos segmentos produtivos e conheceram mais detalhadamente as oportunidades disponíveis no BNB.
“A indústria é um dos principais segmentos que move a economia maranhense. Temos trabalhado continuamente para ampliar o alcance desse público, a fim de que as oportunidade diferenciadas de linhas de crédito, taxas e juros do Banco do Nordeste possam beneficiar o setor industrial, alavancando a geração de emprego e renda, e impulsionando a economia em todo o Nordeste”, explicou o presidente Romildo Rolim.
Para o presidente da Fiema, Edilson Baldez, a presença da instituição financeira nessa edição do Encontro com Empresários refletiu a relevância de união e junção de esforços para enfrentamento dos momentos difíceis da economia. “Promover esse encontro é de extrema importância para o setor produtivo e consequentemente para o Maranhão, principalmente porque o Banco do Nordeste é um dos maiores incentivadores e investidores em toda região Nordeste. Precisamos trabalhar juntos para fortalecer e ampliar o crescimento industrial do Maranhão”, declarou.
Também participaram do evento o diretor de Controle e Risco do BNB, Cornélio Farias Pimentel, a secretária adjunta de Indústria, Comércio e Energia, Luzia Rezende, o superintendente estadual do BNB no Maranhão, Hailton Fortes, e o vice-presidente da Fecomércio/MA, Maurício Feijó, além de representantes de entidades de classes empresarias e filiados à Fiema.
Aplicações
Até o início deste mês, o Banco do Nordeste já aplicou mais de R$ 3,2 bilhões na economia maranhense, com recursos do FNE e de outras fontes. As linhas de crédito disponíveis são direcionadas a todos os portes empresariais e todos os segmentos econômicos, desde as micro e pequenas empresas até os grandes grupos industriais. As condições de prazos de pagamento e carência são alguns dos atrativos do recurso constitucional.
“O Maranhão está avançando muito em contratações no Banco do Nordeste, o que comprova a atratividade do nosso crédito. Por isso, a parceria com a Fiema eleva as oportunidades para este segmento produtivo, que tem potencial de desenvolvimento em nosso Estado”, destacou o superintendente estadual do BNB no Estado, Hailton Fortes.
Agenda no Maranhão
O presidente Romildo Rolim também realizou agenda pelo interior maranhense, na quinta-feira, 5. Em Balsas, reuniu-se com empresários do agronegócio e parceiros institucionais. Já em Bacabal, foi agraciado com o título de cidadão bacabalense, em reconhecimento aos serviços prestados no município e na região como funcionário do Banco do Nordeste.
“O meu sentimento é de honra e gratidão por esse título tão especial. Compartilho desta homenagem com os demais funcionários porque são o trabalho conjunto e a dedicação diária de cada um que nos permitem fazer a diferença na vida de tantas pessoas, em especial os bacabalenses”, enfatizou o presidente.
Romildo Rolim é funcionário de carreira do Banco do Nordeste há mais de 30 anos. Com formação nas áreas de Administração de Empresas e Ciências Contábeis, iniciou sua história na instituição como analista bancário na cidade de Bacabal, em julho de 1989, ocupando nos anos seguintes funções operacionais e de gestão. Em 2014, assumiu a Diretoria Financeira e de Crédito do BNB, na qual permaneceu até 27 de dezembro de 2017, quando tomou posse como presidente do Banco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad