Câmara de Bacabal realiza hoje, 17, sessões para iniciar Legislatura 2021/2024 e abrir o Ano Legislativo de 2021. - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Lourival Souza: Futuro da mobilidade - segurança, conectividade e compartilhamento

Lourival Souza, engenheiro - Aconteceu nesta quarta-feira (16), o evento realizado pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ( ...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Câmara de Bacabal realiza hoje, 17, sessões para iniciar Legislatura 2021/2024 e abrir o Ano Legislativo de 2021.

Share This

Nova Mesa Diretora da câmara de vereadores de Bacabal
Assecom câmara - A câmara municipal de Bacabal realiza hoje, 17 de fevereiro de 2021, às 15 horas - horário regimental - Sessão Solene de abertura de início da Legislatura 2021/2024. A sessão acontece na sede do Poder Legislativo bacabalense, no Plenário Vereador Jocimar Alves de Sousa. Regimentalmente, segundo determina o Artigo 9º, a inauguração dos trabalhos deveria ter acontecido segunda-feira, 15, contudo, de forma conjunta, a Mesa Diretora presidida pelo vereador Manuel da Concórdia (PDT), definiu pela data de  hoje em razão do carnaval.
A primeira parte da Sessão é reservada para que Prefeito Municipal apresente mensagem do Poder Executivo aos representantes do povo com assento na Câmara. Esse ano o prefeito Edvan Brandão de Farias será representado pela Secretária-Chefe de Gabinete e Procuradora Geral do Município, advogada Anna Cibelle Albuquerque Braz, que apresentará a mensagem do prefeito aos parlamentares.
Na Segunda parte o Presidente facultará a palavra, por cinco minutos, a todos os Vereadores para pronunciamento sobre o evento, encerrando-se em seguida a sessão, segundo dita o regimento interno da Casa.
Em ato continuo será realizada a abertura da Sessão Legislativa ordinária do período de atividade normal da câmara relativa ao ano de 2021, primeiro período, que se estende até o dia 30 de junho, com a efetivação da sua primeira sessão ordinária. O ano se divide em dois períodos e o segundo período começa em 1º de agosto, terminando em  15 de dezembro. Os períodos de 1º a 31 de julho e de 16 de dezembro a 14 de fevereiro são considerados de recesso legislativo.
O ano de trabalho começa para os vereadores de Bacabal com a análise e apreciação de 09 proposições, 08 requerimentos e uma Indicação. Os autores são os vereadores Reginaldo do Posto e Venâncio do Peixe, ambos do PDT.
Reginaldo solicita que a secretaria de obras e saneamento providencie, de forma urgente, durante os finais de semana, sábados e domingos, além dos feriados e dias santos, o recolhimento dos chamados resíduos especiais – sofás, mesas e camas velhas, aparelhos eletrodomésticos danificados, etc -, evitando assim que esses resíduos sejam jogados em áreas devolutas e terrenos baldios que possam se transformar em lixões urbanos.
Entre as matérias de Venâncio do Peixe o destaque é para o Requerimento que cobra a imediata reforma do Estádio Municipal José Corrêa, o Correão. Venâncio argumenta em sua proposição, "que por falta de condições estruturais, o estádio Correão não poderá receber a partida inicial do Campeonato Maranhense 2021. Por isso, o jogo entre Bacabal e Sampaio, marcado para o próximo sábado (20) às 15h30, foi agendado para o estádio Pinheirão, em São Mateus, a 58 quilômetros da cidade-sede do BEC. Uma vergonha para nosso município.
A situação da praça esportiva de Bacabal foi atestada em vistoria realizada pela Federação Maranhense de Futebol. O relatório da visita técnica destaca que os laudos do estádio estão vencidos e que estão precárias as condições da cobertura, vestiários e do gramado".
Argumenta ainda que “o Estádio Correão de Bacabal não detém as condições técnicas básicas de Engenharia, Arquitetura e Segurança previstas na legislação do Estatuto de Defesa do Torcedor (EDT) e normas do Ministério do Esporte para receber partidas de futebol profissional do Campeonato Maranhense Série A”, segundo documento assinado pelo arquiteto Ronald Almeida, chefe do Departamento de Planejamento da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad