Covid 19: Prefeitura intensifica fiscalização de eventos e escolas - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Roberto Costa entrega cestas básicas no Codozinho

  O deputado Roberto Costa deu continuidade às ações de entrega de cestas básicas e dessa vez ele esteve junto à comunidade do Codozinho, ac...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Covid 19: Prefeitura intensifica fiscalização de eventos e escolas

Share This

Assecom Bacabal - A Prefeitura de Bacabal, através da Coordenação de Vigilância Sanitária, intensificou no final da última semana a fiscalização de locais que possam gerar aglomeração de pessoas. O objetivo é que isso não aconteça e que seja respeitada a legislação sobre distanciamento social em face da pandemia de Covid-19.
No município de Bacabal está em vigor desde o dia 1º de fevereiro o Decreto nº 704, que suspende as comemorações de Carnaval, tanto públicas quanto privadas e proíbe a emissão de licenças e autorizações para festividades e eventos que possam ocasionar qualquer tipo de aglomeração.
A atuação da Vigilância Sanitária tem ocorrido juntamente com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar e é desenvolvida em três focos: visita nas escolas particulares de ensino infantil, fundamental e médio; visita nas instituições de ensino superior e de pós-graduação e também a fiscalização em locais de festas e eventos.


Bruna Lorena Paiva, Coordenadora da Vigilância Sanitária, explica: “Desde a segunda quinzena de janeiro a nossa vigilância tem sido mais presente. No último final de semana intensificamos a fiscalização para que se cumpra o Decreto Municipal e todas as regras de distanciamento, que evitem aglomeração. Ao visitarmos um local, lavramos um termo de fiscalização para que a pessoa ou estabelecimento se ajustem às normas. Com a proximidade do Carnaval, que não vai ser realizado este ano, essa fiscalização se faz necessário para que todos entendam que o momento não é de festas mas de observância do protocolo sanitário que impeça a disseminação do Coronavírus”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad