Rogério Alves: Curtinha do 'Bolso' - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Lourival Souza: Futuro da mobilidade - segurança, conectividade e compartilhamento

Lourival Souza, engenheiro - Aconteceu nesta quarta-feira (16), o evento realizado pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ( ...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Rogério Alves: Curtinha do 'Bolso'

Share This

“Chega de frescura e mimimi’,
diz Bolsonaro sobre pandemia”.
Rogério Alves, advogado - O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou sua live semanal para questionar o uso de máscaras. NOVAMENTE, sem apresentar qualquer comprovação científica, ele afirmou: "Pessoal, começam a aparecer estudos aqui, não vou entrar em detalhes, sobre o uso de máscara, que, num primeiro momento aqui, uma universidade alemã fala que elas são prejudiciais a crianças e levam em conta vários itens aqui como irritabilidade, dor de cabeça, dificuldade de concentração, diminuição da percepção de felicidade, recusa em ir para a escola ou creche, desânimo, comprometimento da capacidade de aprendizado, vertigem, fadiga... Então começam a aparecer aqui os efeitos colaterais das máscaras, tá ok?".
Eu até entendo que um militar trate a pandemia como uma guerra e imagine que os mortos são baixas aceitáveis, mas o que eu não entendo é você, cidadão comum, aceitar essa postura e agir como se fosse um soldado do presidente.
Só para lembrar. Na guerra de Bolsonaro você é “bucha de canhão”.

REGRAS PARA A PRISÃO DE PARLAMENTARES.
Câmara avalia limitar regras para prisão de parlamentares
Depois da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) a Câmara dos Deputados estuda alterar a Constituição para restringir a prisão de parlamentares.
As modificações são debatidas na esteira da confirmação da prisão pela Câmara. A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) sobre o tema foi elaborada por um grupo de trabalho constituído de urgência e prevê veto ao afastamento temporário de integrantes do Congresso. É uma tentativa de tirar poder do STF no modo de sempre, o corporativismo.
Se aprovada, a EC determina que parlamentares presos fiquem sob a custódia da Câmara ou do Senado.

NÃO É O PRESIDENTE QUE ESTÁ PERDIDO, É VOCÊ.
Moleque, irresponsável, desrespeitoso, falando palavrões em seus discursos, mal-educado, grosseiro, sem personalidade, como não tem mais o Trump como bússola, vai agora de Maduro, tentando transformar o Brasil numa Venezuela de direita.
Mas, provavelmente, você gosta porque aplaudiu o xingamento, achou normal a rachadinha e agora fecha os olhos para os gastos exorbitantes dizendo que tá explicado.
Não é o presidente que está perdido, é você.
Bolsonaro sempre foi um defensor da ditadura, nunca demonstrou nenhum conhecimento de administração pública, sempre diminuiu as mulheres e defendeu privilégios aos militares e talvez às milícias. Você foi quem se iludiu achando que ele iria combater a corrupção e parar a roubalheira. Ele roubou até sua dignidade quando você passou a tratá-lo como “mito” e “ungido”.
Só tem uma diferença entre você e Bolsonaro - você é o dono do poder, ele é apenas o seu eleito. Reflita e acorde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad