Audiência Pública Virtual avalia e demonstra o cumprimento das metas fiscais do 1º quadrimestre de 2021 pela prefeitura de Bacabal - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Roberto Costa entrega cestas básicas no Codozinho

  O deputado Roberto Costa deu continuidade às ações de entrega de cestas básicas e dessa vez ele esteve junto à comunidade do Codozinho, ac...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Audiência Pública Virtual avalia e demonstra o cumprimento das metas fiscais do 1º quadrimestre de 2021 pela prefeitura de Bacabal

Share This
Assecom Câmara, com redação de Abel Carvalho e fotos de Cléber Lima - Na manhã desta terça-feira, 25 de maio, em cumprimento as exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a câmara municipal de Bacabal realizou, de forma virtual, a primeira audiência pública quadrimestral de 2021. A prestação de contas do Executivo bacabalense apresentou investimentos gerais do governo, nas áreas da saúde e administração.
Participaram virtualmente Luciano Morais, consultor contábil do poder executivo; Raimundo Neto, controlador geral do Município e Silvana Moreira, conselheira municipal de educação. Os trabalhos foram coordenados pelo presidente Manuel da Concórdia (PDT), e, também participaram remotamente os Serafim Reis (MDB), Alex Abreu (Republicanos), Regilda Santos (PL) e Professor Markim (PSC).
Os técnicos do governo municipal consideraram, ao final do evento, que foi possível mostrar de forma transparente que a Administração tem mantido o equilíbrio fiscal.
Na avaliação do presidente da Câmara de vereadores, Manuel da Concórdia, o momento foi de cumprir o que determina a lei. Sendo assim, ele enalteceu a atual gestão, na pessoa do prefeito municipal, Edvan Brandão, garantindo que é uma das atribuições do Poder Legislativo, fiscalizar e acompanhar de que maneira o dinheiro público tem sido empregado.

O que diz a LRF
A Lei de Responsabilidade Fiscal, no artigo 9º, parágrafo 4º, estabelece que é obrigação do Poder Executivo apresentar em audiência pública até o final dos meses de maio, setembro e fevereiro, o cumprimento das metas fiscais de cada quadrimestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad