Prefeitura de Bacabal fará a entrega de 10 novas ambulâncias por meio da secretaria municipal de Saúde - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Por interseção do vereador Venâncio do Peixe programa de regularização fundiária do Estado ganha força em Bacabal e região

Assecom Câmara, com redação de Abel Carvalho - Por interseção do vereador Venâncio da Silva Costa, Venâncio do Peixe (PDT), o movimento for...

Portal da Poesia


Portal da Poesia ...

Porque tudo morre?
Porque existe a morte.
Porque existe a morte?
A morte não existe,
A morte é o fim.
A morte é o mais pleno,
Absurdo e absoluto
Poder da ausência.

Abel Carvalho

Prefeitura de Bacabal fará a entrega de 10 novas ambulâncias por meio da secretaria municipal de Saúde

Share This
Assecom Semus, com redação de Wanderson Ricardo - Com recursos próprios a prefeitura de Bacabal por meio da secretaria municipal de Saúde, fará a entrega de 10 (dez) novas ambulâncias para suprir a demanda de transporte e propiciar mais conforto para os pacientes que necessitam de transferências e atendimentos de urgência e emergência.
Todas as ambulâncias seguem o padrão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e serão entregues a população em solenidade que acontecerá amanhã, sexta-feira, 06, às 07:30 no Hospital Geral de Bacabal (Pronto Socorro), localizado na Rua Magalhães de Almeida, Centro.
Luciano Martins, superintendente de atenção à Saúde, revelou que cada ambulância custou em média R$ 173.000,00 (cento e setenta e três mil reais). Ele informou ainda que 5 (cinco) ambulâncias tem destino certo: o Samu de Bacabal. Sendo que 2 (duas) estarão equipadas com todos os recursos de uma Unidade de Suporte Avançado (USA), ou seja, uma UTI Móvel, capaz de atender casos mais graves como e até executar procedimentos invasivos.
O objetivo, disse Luciano, é promover uma verdadeira renovação na frota de ambulâncias que são de extrema importância para atender a população com uma reposta mais rápida com ambulâncias novas, estruturadas com equipamentos novos e recursos que ajudem os profissionais do Samu a obterem resultados positivos na prestação do serviço, que é justamente, o de salvar vidas.
As demais ambulâncias serão lotadas conforme a necessidade da Semus, nos hospitais da cidade e até em atendimentos específicos da Zona Rural.
O superintendente revelou ainda que o secretário de Saúde James Soares tem analisado junto a diretora do Samu, Marlene Farias, a proposta de fixar uma outra base de atendimento do Samu na cidade. A proposta que está sendo analisada pelo secretário visa promover a descentralização do Samu para facilitar e agilizar ainda mais o atendimento em bairros que ficam geograficamente distantes da sede do órgão, no Centro da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad