Rogério Alves: O Incitatus de Jair. - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Por interseção do vereador Venâncio do Peixe programa de regularização fundiária do Estado ganha força em Bacabal e região

Assecom Câmara, com redação de Abel Carvalho - Por interseção do vereador Venâncio da Silva Costa, Venâncio do Peixe (PDT), o movimento for...

Portal da Poesia


Portal da Poesia ...

Porque tudo morre?
Porque existe a morte.
Porque existe a morte?
A morte não existe,
A morte é o fim.
A morte é o mais pleno,
Absurdo e absoluto
Poder da ausência.

Abel Carvalho

Rogério Alves: O Incitatus de Jair.

Share This
Rogério Alves, advogado - Com a volta de Jair Bolsonaro ao governo, após a cirurgia lembrei que Calígula, que reinou entre 37 e 41, nomeou cônsul o seu cavalo, Incitatus, e forçou o Senado a homenageá-lo.
Prestes a indicar um dos filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro assegurou que “toda a população vai ganhar” caso ele seja conduzido ao mais importante posto diplomático do país no exterior.
A possível indicação, no entanto, é  uma vergonha nacional, só pela cogitação. No Itamaraty há duas centenas de diplomatas esperando pela vaga na principal embaixada da diplomacia brasileira.
A indicação para a mais importante embaixada brasileira, a de Washington(EUA), exige uma série de ponderações extra relações com o Poder Executivo (Donald Trump) de plantão porque o diplomata/embaixador precisa ter domínio e trânsito reconhecido em nome do Brasil com outros setores, além de Governo, como o Congresso Americano, inclusive com os Democratas, hoje maioria na Câmara.
Nós, a sociedade, estamos reagindo fortemente e o presidente já dá sinais de recuo, mas cabe ao Senado Federal, caso venha a ser convocado, barrar este insulto e agressão à diplomacia brasileira. A Casa Alta, representante do Estado brasileiro, precisa reagir impedindo a nomeação, sob pena de ficar na história como sendo o senado que homenageou o cavalo do presidente.
Leia mais artigos do advogado Rogério Alves clicando AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad