Vereador Venâncio do Peixe cobra, por ofício, que o prefeito Edvan Brandão cumpra suas proposições que solicitam doações de terrenos para que a ABL e a Loja Maçônica Harmonia, Fraternidade e Trabalho construam suas sedes - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Em Bacabal trabalhadores da educação começaram a ser vacinados hoje, 20 de abril

Assecom Bacabal, com redação de Louremar Fernandes e fotos de Melquisedeque Morais - A Prefeitura de Bacabal começou hoje a vacinação dos t...

Portal da Poesia


Portal da Poesia ...

Porque tudo morre?
Porque existe a morte.
Porque existe a morte?
A morte não existe,
A morte é o fim.
A morte é o mais pleno,
Absurdo e absoluto
Poder da ausência.

Abel Carvalho

Vereador Venâncio do Peixe cobra, por ofício, que o prefeito Edvan Brandão cumpra suas proposições que solicitam doações de terrenos para que a ABL e a Loja Maçônica Harmonia, Fraternidade e Trabalho construam suas sedes

Share This

O Gabinete vereador Venâncio do Peixe (PDT) encaminhou ofício ao Gabinete do prefeito Edvan Brandão de Farias (PDT), cobrando do gestor municipal o cumprimento de duas Indicações de sua autoria, que solicitam ao chefe do Poder Executivo a doação de terrenos para que a Academia Bacabalense de Letras (ABL) e a Loja Maçônica Harmonia Fraternidade e Trabalho possam construir suas sedes próprias na cidade. O ofício do pedetista também constou da Ordem do Dia da sessão extraordinária que o Poder Legislativo realizou no último dia 15 de maio.

A proposição que Indica a doação da área para a Construção da sede da Academia data de 1º de abril do ano passado, 2019. Na sua justificativa Venâncio do Peixe mostra que no final de 2000, um grupo de poetas e escritores bacabalenses mobilizou a classe literária local no intuito de criar um organismo que consagrasse os, até então, anônimos literatos de Bacabal e região do Médio Mearim. O movimento foi encabeçado pelos escritores Francisco José da Silva (Casanova), João Batista da Costa Filho, Aline Freitas, Eduardo Freitas Jr., Cláudio Cavalcante entre outros.
Mostrou ainda que em doze de maio do mesmo ano foi realizada a posse coletiva dos 17 literatos fundadores, cuja diplomação foi realizada em 24 de março de 2002 na oportunidade do primeiro aniversário da Entidade de valorização e difusão da literatura local. Desse modo, firma-se a Academia como órgão de agregação, valorização e difusão dos escritores de Bacabal e da região mearinense, proporcionando o resgate e o registro da história e cultura bacabalense, além de incentivar a revelação e o surgimento de novos escritores, e que, por isso, é fundamental que está instituição tenha o seu próprio patrimônio físico.
A proposição que Indica a doação da área para a construção da sede da Maçonaria data de 02 de março de 2020, portante este ano. Na sua justificativa o parlamentar mostra que o Grande Oriente do Brasil no Maranhão – GOB-MA, antes chamado Grande Oriente do Maranhão – GOM, nasceu de uma incomensurável demonstração de vontade de abnegados Irmãos, que apesar de todas as dificuldades encontradas para a elaboração da documentação necessária, souberam superá-las com denodo e tem como missão responder pelo fiel cumprimento da Constituição do Poder Central e da Constituição do Grande Oriente do Brasil no Maranhão, bem como das Leis, Decretos e Atos emanados dos Órgãos da administração Central e Estadual da Ordem.
Que  movimento está instalando uma loja em Bacabal e solicitando do Poder Legislativo a intermediação junto ao Poder Executivo no sentido da cessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad