Projeto do vereador Reginaldo do Posto homenageia Walber Pinto com nome de academia de saúde em Brejinho - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Por interseção do vereador Venâncio do Peixe programa de regularização fundiária do Estado ganha força em Bacabal e região

Assecom Câmara, com redação de Abel Carvalho - Por interseção do vereador Venâncio da Silva Costa, Venâncio do Peixe (PDT), o movimento for...

Portal da Poesia


Portal da Poesia ...

Porque tudo morre?
Porque existe a morte.
Porque existe a morte?
A morte não existe,
A morte é o fim.
A morte é o mais pleno,
Absurdo e absoluto
Poder da ausência.

Abel Carvalho

Projeto do vereador Reginaldo do Posto homenageia Walber Pinto com nome de academia de saúde em Brejinho

Share This
"Fica denominada de Academia da Saúde Walber Pinto, a obra do Programa Federal Academia da Saúde que está sendo construída no Distrito de Brejinho em Convênio com o Governo do Município". Este é teor completo caput do Artigo 1º do Projeto de Lei nº 1.417, de 20 de março de 2020, de autoria do vereador Reginaldo do Posto (PDT), que homenageia a memória de um dos mais ilustres moradores do Distrito de Brejinho, o senhor Walber  Pinto, que foi aprovado de forma unânime pelo Plenário da Câmara de Vereadores de Bacabal e segue, agora, para a sanção do prefeito Edvan Brandão de Farias.
Reginaldo do Posto agradeceu a votação unânime explicando ao seu pares que o programa Academia da Saúde é uma estratégia de promoção da saúde e produção do cuidado, que funciona com a implantação de espaços públicos conhecidos como polos do Programa Academia da Saúde e que esses polos são dotados de infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados.

Sobre Walber Pinto
Em seu pronunciamento de agradecimento o parlamentar explicou que falar sobre Walber Pinto era uma honra, verdadeiro relato enciclopédico de uma vivência social que englobou os mais variáveis âmbitos de uma vida. Que Walber Pinto nasceu aos 5 de Junho de 1926, na cidade de Barra do Corda, no Maranhão, era filho primogênito do casal Dulcídes Pinto e Aurora Gomes Pinto, fez seus estudos galgando o mérito de cursar até a 2° série ginasial (última série oferecida nas escolas de Barra do Corda naquela época) e sua prática escolar deu-se no Instituto Educacional Pio XI, colégio de padres italianos no município cordino.
Casou-se com sua musa inspiradora, a Sra. Isaura Pinto, a quem dedicou todo seu amor, admiração e respeito e em 1948 começa sua trajetória em terras bacabalenses, trazendo consigo saudades da terra natal. Ao chegar aqui, foi acolhido pela família Pinto Santos, onde passou a acompanhar os trabalhos empresariais das indústrias de arroz e óleo do proprietário Jamil Santos.
Em 1950, mudou-se para o pequeno povoado Brejinho, juntamente com o grande amor da sua vida. Desse matrimônio harmônico nasceram os filhos: Manoel Messias Vieira Pinto, Maria Irismar Vieira Pinto, Ildinar Vieira Pinto, Maria da Conceição Vieira Pinto, Isauber Maria Vieira Pinto, Walber Pinto Filho, Tarcísio Vieira Pinto, Raimunda Aurora Vieira Pinto e Clayton Vieira Pinto. Sua primeira missão foi a socialização nas datas festivas - carnavais, bumba-meu-boi, quermesses, construção da 1° igreja comunitária.
Walber depositou sonhos naquela comunidade tão carente. A princípio, montou comércio de tecido e usina de arroz. E no final da década de 1950, construiu uma farmácia. Sedento por conhecimento, estudava muito, era rodeado de livros, especificamente os relacionados à saúde, e o que aprendia colocava em prática. Atuava nos tratamentos de sarampo, catapora, verminoses, entre outras interferências daquela localidade.
Os brejinhenses não hesitavam em o procurar sempre que havia uma gestante em trabalho de parto, por exemplo. Dessa forma, a própria população o fez uma espécie de médico/parteiro/farmacêutico/conselheiro/mediador. Anos depois, assumiu cargo de enfermeiro técnico no posto de saúde do povoado.
Na verdade, Walber foi um desbravador, um homem de visão futurista; via além de seu tempo, e não hesitava em promover àquela comunidade dias melhores, bem como estradas vicinais, escola, professoras normalistas, luz elétrica tocada a motor... enfim, uma relação simétrica entre o distrito e a cidade.
Tangente à vida comunitária, buscou através de projetos, grandes associações na produção de outros bens, acompanhados de insumos necessários para o funcionamento, tal como a presença de órgãos estruturais como a ACAR/EMATER-MA.
Na política, foi baluarte, liderança e seguidor estadista, cortês e delicado, sendo verdadeiramente anfitrião dos renomados políticos: Sr. Trinta, José Sarney, Roseana Sarney, Costa Rodrigues, Dr. Antônio, Dr. Coelho Dias, Dr. Juarez Almeida, Dr. Cazuza, João Alberto de Sousa, Jurandir Ferro do Lago, Dr. Fernando Sousa, dentre tantos outros.
Uma das suas notáveis conquistas foi a fundação da Associação Comunitária de Brejinho - FUNDEC (Fundo de Desenvolvimento Comunitário). Nessa cooperativa havia maquinários que atendiam as necessidades dos pequenos agricultores na preparação para o cultivo da terra. E em agradecimento aos serviços prestados, o auditório onde funcionava tal associação recebeu o nome de Walber Pinto.
Na pecuária, foi precursor e teve papel destacável por incentivar e conseguir juntamente com outros pequenos fazendeiros a estruturação da estrada do leite. Estrada essa que facilitou a comercialização do leite coletado em Brejinho e região, e trazido para a bacia leiteira em Bacabal.
Como exemplo de homem religioso, não deixou a desejar. Sempre esteve a buscar conhecimento sobre As Escrituras através de cursos ministrados pela Diocese de Bacabal, onde foi pioneiro da turma dos 12 (Doze), tendo como formadores espirituais os freis Reinaldo e Eriberto. Como pai, foi mister, estruturalmente equilibrado. Com muita leveza soube direcionar valores necessários à família. Agia de acordo com seus preceitos e moralidades.
Bom, mas há um momento na vida que se chama partida, ida ao Pai Celestial, e essa do Walber aconteceu no dia 23 de Maio de 2015. Walber Pinto, contudo, frequentemente discorria sobre suas realizações diante das tantas ansiedades sonhadas - avanço da tecnologia, das estradas asfaltadas, escolas estruturadas, atendimento a saúde com profissionais especializados.
Sem dúvidas, esse potente ser humano deixou um vasto legado, além de ter levado consigo a graça de ter cumprido a sua missão, concluiu o vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad