Covid 19: Prefeitura intensifica fiscalização de eventos e escolas - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Covid-19: 370 mortes em Bacabal.

Portal da Poesia


Portal da Poesia Não sei

Quantas vezes terei que sonhar
Por quanto tempo ainda seguirei
Quantos anos a vida ainda me reserva
Não sei

Não sou tempo
Não sou centro
Sou apenas momento
Início
Meio
Fim

Se ontem sorrir contigo
Hoje te fiz sorrir
Mas antes te fiz infeliz

Vejo teus braços que me abraçam
Sinto teus beijos que me beijam
Sonho teu sonho que não quis

E vivo teu vício a cada noite
Com o açoite do sono que não vem

Brenham horas
Sonhos
Dias
Foge a paz que tu querias
Morre o tédio
Sob a guia
Sossega a ira na fotografia
Meio dia que eu queria
Mas que tu nunca quis

Não sei

Abel Carvalho

Covid 19: Prefeitura intensifica fiscalização de eventos e escolas

Share This

Assecom Bacabal - A Prefeitura de Bacabal, através da Coordenação de Vigilância Sanitária, intensificou no final da última semana a fiscalização de locais que possam gerar aglomeração de pessoas. O objetivo é que isso não aconteça e que seja respeitada a legislação sobre distanciamento social em face da pandemia de Covid-19.
No município de Bacabal está em vigor desde o dia 1º de fevereiro o Decreto nº 704, que suspende as comemorações de Carnaval, tanto públicas quanto privadas e proíbe a emissão de licenças e autorizações para festividades e eventos que possam ocasionar qualquer tipo de aglomeração.
A atuação da Vigilância Sanitária tem ocorrido juntamente com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar e é desenvolvida em três focos: visita nas escolas particulares de ensino infantil, fundamental e médio; visita nas instituições de ensino superior e de pós-graduação e também a fiscalização em locais de festas e eventos.


Bruna Lorena Paiva, Coordenadora da Vigilância Sanitária, explica: “Desde a segunda quinzena de janeiro a nossa vigilância tem sido mais presente. No último final de semana intensificamos a fiscalização para que se cumpra o Decreto Municipal e todas as regras de distanciamento, que evitem aglomeração. Ao visitarmos um local, lavramos um termo de fiscalização para que a pessoa ou estabelecimento se ajustem às normas. Com a proximidade do Carnaval, que não vai ser realizado este ano, essa fiscalização se faz necessário para que todos entendam que o momento não é de festas mas de observância do protocolo sanitário que impeça a disseminação do Coronavírus”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad