Nos 101 anos da história de Bacabal Zé Lopes homenageia Zeneide Miranda - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Em Bacabal trabalhadores da educação começaram a ser vacinados hoje, 20 de abril

Assecom Bacabal, com redação de Louremar Fernandes e fotos de Melquisedeque Morais - A Prefeitura de Bacabal começou hoje a vacinação dos t...

Portal da Poesia


Portal da Poesia ...

Porque tudo morre?
Porque existe a morte.
Porque existe a morte?
A morte não existe,
A morte é o fim.
A morte é o mais pleno,
Absurdo e absoluto
Poder da ausência.

Abel Carvalho

Nos 101 anos da história de Bacabal Zé Lopes homenageia Zeneide Miranda

Share This

Quando os anos setenta davam seus últimos suspiros, nascia cheio de gás, influenciada pela música inglesa e americana, o iê iê iê brasileiro, recheado de batidas e guitarradas.
Com essa novidade, surgiram as bandas de baile, que na época eram chamadas de conjunto.
Alinhados com as brevidades, três empresários e também grandes músicos locais investiram na ideia e aí surgiu para Bacabal, para o Maranhão e para o Brasil o Brito Som Seis, de propriedade do saxofonista Zé de Brito ou Palito, como era conhecido e também o Carlos Miranda Show, do saxofonista Dionésio Miranda e do trombonista Zezico, que depois apartou a sociedade e tocou o grupo. Continue a leitura clicando AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad