Vereador Rogério Santos cobra implantação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Rogério Alves: Advogado Carlos Sérgio é recebido em 'live' para discutir 'eleições 2020'.

Rogério Alves, advogado - Recebi em live, na última quarta-feira, dia 8 de julho, em minha página no Youtube, ao advogado Carlos Sérgi...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Quantas Poesias?

Quantas poesias faria pra ti na mesma noite?
Todas que o meu amor coubesse...
E nelas realizaria todos os teus sonhos
Os meus sonhos
Os nossos sonhos
Enfim...

Quantas poesias teria feito pra ti se já vivemos juntos?
Todas que o meu amor coubesse em um ano
Em tantos anos que já tivéssemos vividos, assim

Mas seriam poemas de regozijo e alegria
Versos de amor e fantasia
Nunca rimas de dor
Saudade e desespero como agora

Você sempre acaba abandonando alguém
Para ficar com outra pessoa
Dor estranha
Saudade sem nexo
Não querer sair
Não querer ficar

Que confusão lírica
Odisseia de amores perdidos
Ditos como verdadeiros
E silos de dissabores e devaneios

Canção
Caução
Correção inacabada
Vitiligo que nunca escurece
Amor
Amor sem fim
Sem ti
Sentir
Sem mim
Sem tom
Sem sentido
Sem dia
Sem noite
Enfim assim...

Abel Carvalho

Vereador Rogério Santos cobra implantação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana

Share This

O vereador Rogério Santos (PRP) apresentou, na última sessão da câmara municipal, proposição requerendo que o prefeito José Alberto Oliveira Veloso, elabore e encaminhe imediatamente para a Casa, projeto de Lei implantando o Plano Municipal de Mobilidade Urbana(PMMU) da cidade de Bacabal. A proposta foi aprovada de forma unânime.

Santos justificou seu requerimento garantindo que os objetivos do plano são proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano, priorizando os meios de transporte coletivos e não motorizados, de forma inclusiva e sustentável; contribuir para a redução das desigualdades e para a promoção da inclusão social; promover o acesso aos serviços básicos e equipamentos sociais; proporcionar melhoria das condições urbanas no que se refere à acessibilidade e à mobilidade; promover o desenvolvimento sustentável com a mitigação dos custos ambientais e socioeconômicos dos deslocamentos de pessoas e cargas no Município e consolidar a gestão democrática como instrumento de garantia da construção contínua do aprimoramento da mobilidade urbana.

Para o vereador republicano a implantação do plano se justifica ainda porque, no contexto geral da mobilidade urbana, o espaço de circulação de pedestres tem papel fundamental. Além da infraestrutura de calçadas, necessária para garantir o conforto e continuidade no caminhamento, outros aspectos também influenciam a qualidade da caminhada, com destaque para os aspectos relativos à segurança, que incluem a proteção contra roubos e furtos, e também como proteção contra acidentes resultantes seja de conflitos entre veículos e pedestres, seja das condições físicas da calçada.

Ele garante que "a questão da rede de caminhamento a pé envolve também o desenho dos espaços públicos, de forma que esses propiciem áreas de vigilância natural, bem como tratamento adequado à iluminação noturna e sinalização legível, tanto para os pedestres como para os veículos".

Por Abel Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad