Matéria do dia

Lourival Souza: Tristeza recorrente

Mais uma semana marcada pelo registro de grave acidente que ceifa vidas e causa comoção na sociedade. O fato novamente acontece: um ve...

Publicidade

Disputas internas no PSDB ameaçam planos de Michel Temer

Presidente planeja convocar almoço com a cúpula tucana, na tentativa de evitar que um racha na base aliada prejudique a pauta governista

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

O presidente Michel Temer está com medo de um possível racha na base aliada, causado pelas discussões, dentro do PSDB, principal aliado do governo, sobre o nome que será escolhido para representar os tucanos na corrida presidencial de 2018.

Por isso mesmo, com a bandeira de evitar disputas prematuras, Temer decidiu atuar pessoalmente e pretende convocar um jantar, no Palácio do Jaburu, com a cúpula tucana, na tentativa de blindar a pauta governista - principalmente a PEC dos gastos e a reforma da Previdência - de turbulências internas na sigla. As informações são da Folha de S. Paulo.
Desde o fim das eleições municipais, se intensificou a disputa entre Aécio Neves (MG) e Geraldo Alckmin (SP) para o posto de candidato do PSDB ao Planalto em 2018.
A eleição para o próximo presidente da Câmara, que ocorrerá no início do ano que vem, também tem preocupado Temer, já que aliados de Alckmin e Aécio têm patrocinado candidatos distintos para o posto. Temer defende um nome consenso da base e avalia que uma disputa interna dentro de um dos partidos atrapalhe esse plano.