Matéria do dia

Sexta-feira começa a 18ª edição do Bacabal Folia

O evento inicia com Bell Marques, Durval Lelys e Dorgival Dantas na sexta-feira, dia 28 de julho na cidade de Bacabal (MA). Da redação do J...

Publicidade

Prefeitura de Bacabal faz distribuição de peixes à população



A prefeitura Municipal de Bacabal distribuiu, nessa quinta-feira santa, 13, na Praça do Boi, no Bairro Santos Dumont, uma grande quantidade de peixes. De acordo com informações, foram distribuídas 12 toneladas, para um grande número de pessoas, de várias partes da cidade.


Distribuir com o vizinho, por exemplo, é uma tradição que teve início, de acordo com a Bíblia, no Egito, quando o Senhor Deus determinou que cada família do povo de Israel imolasse um cordeiro, de acordo com o tamanho da família, de modo que fosse consumido todo. E acrescentou: Se a família for pequena, de modo que não consiga consumir todo o cordeiro, chame o vizinho.



Ali, ainda de acordo com a Bíblia, estava sendo instituída a Páscoa! "A passagem do Senhor", para libertar o povo de Israel da escravidão do Egito. Isso, no entanto, é uma breve introdução, para falar do que pode ser chamado de partilha, num momento em que a humanidade tem dificuldades em assimilar essa palavra.

Nessa época do ano, que é a Semana Santa, é um momento de meditação em nome da humanidade, que há mais de 2 mil anos, vem divulgando de geração em geração, que é Jesus Cristo. E, se partilhar algo nos faz bem, que façamos.




O poder público, e os representantes políticos, costumam distribuir algo ao povo em datas comemorativas. E proporcionar um pouco de alimento, na semana santa não é errado.

É necessário que o povo entenda o sentido dessa partilha e receba quando for o caso, fazendo bom uso do que recebe, para que não seja banalizado, só porque vem do poder público. Até porque, o poder público é o pode do povo.



Da Assecom | Prefeitura de Bacabal