Impessoalidade: Corregedoria determina às contadorias judiciais o cumprimento da ordem cronológica dos processos - Abel Carvalho

Matéria do Dia

Prefeitura de Bacabal avança na Educação Especial com formação técnica de mediadores

  Assecom Bacabal, com redação e fotos de Wanderson Ricardo  - Está sendo realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed)...

Portal da Poesia


Portal da Poesia Condenação

Recém saído da puérpera solidão da embriaguez decido:
Aceito as penas que me são impostas.
Não recorrerei da minha condenação.
Serei sacro,
Nunca santo,
Recebo o clausuro que me impuseram.

Claustro e disforme vomitarei as brenhas do tempo.

Se me vergastarem,
Receberei o meu açoite.

Natibundo engulo o celibato que me amealha,
Sucumbo ao esterco dos desejos de Onam.

Se me admoestam,
Afago os sonhos, que são muitos,
Com o desdém da quiromania do passado.

Não choro, não retrocedo, apenas multiplico,
Estendo a ti a minha sentença.

Seremos comparsas coniventes da tua imposição,
tu juíza,
Eu réu, sem direito a absolvição.

Abel Carvalho

Impessoalidade: Corregedoria determina às contadorias judiciais o cumprimento da ordem cronológica dos processos

Share This

Helena Barbosa, Assecom Corregedoria Justiça - A Corregedoria Geral da Justiça determinou às contadorias judiciais das comarcas do Maranhão respeitar a ordem cronológica de recebimento dos processos, a fim de garantir a impessoalidade nos atos da Administração Pública.
No Provimento nº 7/2020, o corregedor geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, determinou às secretarias judiciais de contadorias do Estado que deverão respeitar, na elaboração de cálculos decorrentes de pronunciamentos judiciais, a ordem cronológica de recebimento dos processos enviados pelas unidades jurisdicionais.
Nesse caso, foram feitas apenas duas exceções: quanto aos atos urgentes, assim reconhecidos pelo juiz no pronunciamento judicial a ser efetivado, e as preferências legais.
A lista de processos recebidos pela Contadoria deverá ser disponibilizada, de forma permanente, para consulta pública, prioritariamente, no site do Tribunal de Justiça do Maranhão. Caso a decretaria judicial de Contadoria seja responsável pela elaboração de cálculos relativos a processos oriundos de comarcas diversas ou até mesmo do Tribunal de Justiça, deverão ser elaboradas tantas listas quanto forem necessárias, sendo mantida, em qualquer caso, a ordem cronológica.
CPC - A medida considerou o disposto no artigo 153 do Código de Processo Civil, que estabelece a necessidade de respeitar a ordem cronológica dos processos para realização dos atos de secretaria, quanto à publicação e efetivação dos pronunciamentos judiciais. Considerou ainda que a garantia da ordem dos trabalhos dos serviços auxiliares da Justiça depende de organização e fluxo procedimental que permitam a efetivação, no menor tempo possível, dos procedimentos jurisdicionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad